Setup Menus in Admin Panel

Segurança de Condominio

Dicas de segurança para o síndico

0 ALUNOS

    Dicas de segurança para o síndico


    Junto aos condôminos

    Desenvolver com o conselho de condôminos normas firmes e transparentes sobre a segurança do condomínio, discriminando, inclusive, punições.

    Forme um conselho ou comissão específica para tratar do assunto segurança.

    Incentive a participação de todos os moradores e funcionários quando for tratado o tema segurança.

    Junto aos funcionários

    Na contratação de novos funcionários entreviste um de cada vez, de preferência na portaria. Nunca os leve ao apartamento.

    Obtenha o máximo de informações possíveis sobre o candidato e solicite os antecedentes criminais (ficha policial) e pessoais (certidões negativas dos Distribuidores Cíveis – Fórum).

    Procure contratar funcionários que tenham feito cursos de formação e treinamento voltados ao trabalho em condomínios.

    Invista na reciclagem dos funcionários oferecendo cursos de especialização.

    Fiscalize a rotina de trabalho de funcionários e zeladores, procurando acompanhar de perto suas atitudes. Não lhes atribua missão para a qual não foram contratados.

    Apresente e informe os moradores quando da substituição ou admissão de um empregado, porém é aconselhável evitar alta rotatividade de mão de obra.

    O novo empregado ou substituto não deve ficar sozinho até conhecer todos moradores e a rotina de trabalho do prédio.

    Oriente sempre os funcionários, principalmente os porteiros e garagistas, para que não saiam de seus postos de trabalho. Eles não devem ser solicitados a prestar serviços particulares porque são funcionários de condomínio.


    Com relação à segurança do condomínio

    Crie um cadastro com o nome de todos os moradores e as respectivas placas de carro de cada um.

    É importante que todos forneçam um telefone para contato quando não estiverem no condomínio e também um de familiares ou pessoa indica para o caso de emergência.

    Procure conhecer a legislação, forma de administração, as normas e o estatuto que definem como deve ser a convivência no condomínio.

    Acompanhe de perto o andamento das obras.

    Mantenha suficientemente iluminadas as entradas do condomínio, evitando o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local ou criem pontos de penumbra a distância.

    Atente para a segurança periférica do condomínio, tais como muros, grades, cercas e alambrados.

    Condomínios que possuem heliponto devem ser dotados de portas do tipo corta fogo nos acessos ao interior do prédio. Essas portas são reforçadas e têm barras antipânico do lado interno.

    Cabe ainda a instalação de sensores e câmeras de circuito interno. Esse aparato se justifica porque edifícios desse tipo abrigam famílias de alto poder aquisitivo e despertam a cobiça dos criminosos. Planos mirabolantes são engendrados por quadrilhas que vão para o tudo ou nada em ações de alto risco.

    Mantenha os equipamentos de segurança e de comunicação sempre em perfeito estado de funcionamento. Não pode faltar na portaria um livro de registro de entrada e saída das pessoas, veículos e materiais.

    Faça a manutenção periódica das portas de entrada e portões de garagem, que devem, em caso de quebra, ser imediatamente consertados. Instale dispositivos eletrônicos de segurança, se possível, com monitoramento por empresas especializadas.

    Em caso de terceirização dos serviços de portaria, limpeza, manutenção e segurança, procure empresas idôneas e legalmente constituídas.

    Atualize-se no que diz respeito à segurança, procurando o que há de mais moderno no mercado para possível implantação no condomínio.

    Na contratação de seguradora, certifique-se de que tenha posição sólida no mercado. Isso pode ser feito consultando o Procon ou o Banco Central. Se houver problemas com a cobertura de sinistros, o síndico pode ser responsabilizado, civil e criminalmente.

    Segurança básica em elevadores

    Oriente moradores e funcionários para que fiquem atentos a qualquer anomalia no funcionamento dos elevadores, informando pormenores da irregularidade para que o técnico possa saná-la o mais rápido possível.

    Providencie para que a casa de máquinas, o hall e o poço estejam sempre secos e limpos. Durante a limpeza do hall é importante colocar placas alertando que o piso está molhado e escorregadio.

    Zele para que pessoas não autorizadas tenham acesso aos equipamentos ou à casa de máquinas. As chaves devem ficar em local seguro e ser entregues somente a técnicos de manutenção ou pessoas habilitadas.

    Tenha em mãos os telefones da empresa conservadora e do Corpo de Bombeiros, para situações de emergência.

    Não transportar pessoas ou carga acima do imite de capacidade do elevador. Em caso de desnivelamento do elevador, desligue-o imediatamente e acione um técnico.

    Caso pessoas fiquem presas no elevador, procure tranquilizá-las informando as providências que estão sendo tomadas, como a vinda urgente de um técnico. Retirar as pessoas presas num elevador é tarefa delicada. Peça ajuda ao Corpo de Bombeiros.

    Os moradores devem estar cientes de que em caso de incêndio, o elevador não deve ser utilizado. Mantenha-o desligado no andar térreo.

    Course Reviews

    N.A

    ratings
    • 1 stars0
    • 2 stars0
    • 3 stars0
    • 4 stars0
    • 5 stars0

    No Reviews found for this course.

    CURSO PARA CONVIDADOS
    • PRIVADO
    • 10 Dias

    Advanced Course Search Widget

    Popular Courses

    Recent Posts

    X